A atitude do governo do estado comunista em relação aos cristãos é muito negativa, e em meio ao budismo, a religião oficial, a igreja não pode funcionar livremente. Com uma população de 6.4 milhões de pessoas, os 200.000 cristãos são limitados em exercer seus papeis nas suas famílias e comunidades do Laos, o 10° país da Classificação de países por perseguição.

O presidente do país é Choummaly Sayasone, um tenente-general que foi reeleito como secretário-geral do Congresso em março de 2011, e conduz a população à uma intolerância religiosa, fazendo muitos cristãos sofrerem pressão física e emocional extrema para renunciarem à sua fé cristã.

Casos como o de 2010, onde 29 cristãos foram mortos e pelo menos 20 foram presos e detidos sem julgamento são exemplos do que a igreja vive lá. Em janeiro daquele ano, 11 famílias cristãs foram expulsas de suas aldeias na floresta, quando se recusaram a renegar a sua fé. Apesar dos elevados níveis de perseguição, a igreja têm perseverado e cresçe necessitando de orações.

Pedidos de oração:

• Ore para que haja proteção e provisão de Deus as onze famílias expulsas de suas aldeias, especialmente às crianças.

• Ore para que os cristãos tenham coragem de permanecerem na fé, apesar do alto preço que devem pagar.

• Ore pelas políticas religiosas destinadas a promover a livre expressão de fé que serão implementadas em zonas rurais e beneficiem os crentes, que são na sua maioria tribais e rurais.

Fonte: Portas Abertas

One thought on “Ore pelo 10º país no ranking de perseguição: Laos”

  1. Fico muito feliz com essa informação, temos a necessidade de saber o que se passa com os nossos irmãos em Cristo e também com os nossos Missionários, que estão fora do nosso Pais levando a palavra da salvação aos perdidos, continuo orando por todos eles! Fico muito agradecida e que Deus continue abençoando vocês, meu cordial abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *